Prémio Maria Amália Vaz de Carvalho

 

O Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho pretende homenagear a memória da escritora e ativista feminina, que contribuiu para a dinamização cultural do concelho. Tem como finalidade incentivar a produção literária em Língua Portuguesa, premiando obras inéditas de autores portugueses, numa das seguintes modalidades: Poesia; Jovens Talentos – Poesia; Prosa de Ficção; Jovens Talentos – Prosa de Ficção.

 

Historial

 

1993/94

Prosa

Livro de horas ou Memorial do Convento de Odivelas / Serafim Ferreira.

 

1995

Poesia

A casa e o cheiro dos livros / Maria do Rosário Pedreira.

 

1997

Prosa

O poeta e a pedra / Serafim Ferreira.

 

1998/99

Poesia

Fissura / João Pedro Messeder, pseudónimo literário de José António Gomes.

 

2000/2001

Prosa

A deusa dos laços / Maria Adelaide Valente.

 

2002/2003

Poesia

Uma certa forma de errância / Graça Pires.

 

2004/2005

Prosa

Anti-bio-grafias de contágio / Paula Caspão.

 

2006/2007

Poesia

Dois corpos tombando na água / Alice Vieira.

 

2008/2009

Prosa de Ficção

Diálogos para o fim do mundo / Joana Bértholo.

 

2011/2012

Poesia

Lugares de passagem / Luís Filipe Rodrigues.

 

2012/2013

Jovens Talentos Poesia

Geografias / Patrícia Isabel Gomes Lucas.